02. 03.
Keine Ahnung was ich hier mache, trotzdem bin ich hier...

terça-feira, 25 de março de 2014

Vou Viajar pra Europa pela Primeira Vez – (Toda cagada sem informação)

Primeiro de tudo, saiba o motivo da viagem (rsrsrs) Parece besta, mas há quem programe uma viajem sem nenhuma noção do que vai fazer nela. O tipo de viagem, se mochilão ou turismo, também é importante, pois isso te dará um parâmetro de quanto vai gastar. Mas vamos do começo.

Vou-me para Europa (Rycaaaa)

Bom, pergunte-se sempre acerca da época do ano na qual pretende viajar, pois isso te dirá o que deverá levar consigo. Exemplo: Se vier à Europa entre os meses de Setembro e Abril pode ser que pegue neve, frio (friozão mesmo), chuva ou, se der sorte, apenas um ventinho gelado, de qualquer forma, sabe-se que o frio é certeza, sendo assim leve muita blusa, se não quiser sair nas fotos todas com a mesma roupa. Se vier entre Maio e Agosto, pode ser que pegue um calor de 35 graus ou muita chuva, de qualquer forma, traga roupas mais leves, mas não se esqueça que pode precisar de mais roupa, caso pegue chuva.

Vai nevar, fudeu!

Se você nunca viajou para um lugar que neva, saiba que a neve é linda, mas enche o saco andar nela, sendo assim, aqui vão algumas dicas acerca do que usar na neve: Uma camiseta de manga cumprida, uma camiseta térmica, uma blusa leve, uma blusa grossa e finalmente o casaco de neve. Não calce sapatos de pano, isso faz grudar a neve e fica tudo um nojo (a neve não é branquinha), além disso, traga um grande estoque de meias, pois andar na neve faz com que teus pés suem e você precisará trocar de meia, se não quiser que teu pé congele. Touca é um mal necessário, pois isso vai proteger tuas orelhas do vento frio, luvas também, caso ainda queira sentir a ponta dos teus dedos. Não se esqueça do cachecol ;) Já separou tudo? Létis Gô!

Não, pera... Falta o visto, o seguro, o dinheiro...

No caso dos países da UE, não há necessidade de viso, se a tua viagem durará até três meses, mais do que isso, será necessário um visto. Partindo do princípio que esta viagem é apenas à turismo, pode vir sem se preocupar com visto. – Então não preciso de passaporte?! – Mas é claro que precisa, né. O passaporte é o teu documento internacional (como o teu RG) e se faz necessário, mesmo que sem um visto. Importate tomar MUITO cuidado com teu passaporte, especialmente se você for brasileiro. O Brasil tem uma boa relação com quase todos os países, o que nos isenta de visto para entrada como em quase todos eles. Isso faz com que os passaportes brasileiros sejam visados por bandidos que queiram transitar livremente.

O seguro é necessário para evitar maiores problemas. Ao contrário do Brasil, os países aqui não têm hospital público, e tudo o que for feito aqui é muito bem pago. Se, por exemplo, você quebra um braço e for socorrido, receberá depois do atendimento uma conta altíssima. Para evitar a fadiga, faça um seguro viagem. Há vários no Brasil e é barato, basta procurar. Além do mais, é obrigatório um seguro para entrar nos países da união europeia.

 Dinheiro é um assunto importante. Primeiro de tudo, hotel, albergue e passagens aéreas devem ser fechadas bem antes do embarque. No caso das passagens aéreas, o preço sai em conta quando fecha-se tudo com antecedência. No caso do hotel ou albergue, é necessário ter um local já contratado para passar os dias, pelo menos no país onde você irá desembarcar, pois ao passar pela imigração, é um dos documentos que é solicitado. Não dá para responder quanto custa comer na Europa, mas de fato é mais barato do que na maioria das cidades no Brasil, mesmo assim, pesquise restaurantes para o local onde se pretende ir, isso ajuda a ter uma noção de quanto vai gastar por dia. Separe dinheiro para o transporte (Ônibus, metrô, jegue e etc...). E por último, mas não menos importante, a comprassssssssssss. Sim, comprar roupas na Europa é muito mais barato!

Legal, tá tudo pronto? Vamos lá então....
Chegou ao aeroporto de destino, e agora?

Primeira coisa que vai lhe ocorrer é passar pela imigração. Primeira coisa, não fique nervoso, se está tudo certo com a documentação, não precisa entrar em pânico. As perguntas mais frequentes são: - Passaporte? – Quanto tempo você vai permanecer aqui? – Em qual cidade? – depois vai para qual país? – Tem passagem de volta? – Qual o local da hospedagem? – O motivo da viagem? – Quanto está trazendo em dinheiro? (tudo isso em inglês, óbvio rsrs)
   Seja firme nas respostas e tenha tudo em mãos, isso facilita o atendimento e você acaba logo com o inferno para aproveitar a tua viagem. Depois vão ver as tuas malas e pronto, “se joga que cê tá na Europa fiáááá”.

Seguir este Blog | Indicar este Blog | Sugestões | Sobre Quem vos fala

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO