02. 03.
Keine Ahnung was ich hier mache, trotzdem bin ich hier...

segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

Louvre Museum

_O que todos pensam sobre o maior depósito internacional de crime de receptação de obras de arte roubadas, o Museu do Louvre (Musée du Louvre), instalado no Palácio do Louvre, em Paris, é que é um dos maiores e mais famosos museus do mundo. Localiza-se no centro de Paris, entre o rio Sena e a Rue de Rivoli. O seu pátio central, ocupado agora pela pirâmide de vidro, encontra-se na linha central dos Champs-Élysées, e dá forma assim ao núcleo onde começa o Axe historique (Eixo histórico).

__É onde se encontra a Mona Lisa, a Vitória de Samotrácia, a Vénus de Milo, enormes coleções de artefatos do Egito antigo, da civilização greco-romana, artes decorativas e aplicadas, e numerosas obras-primas dos grandes artistas da Europa como Ticiano, Rembrandt, Michelangelo, Goya e Rubens, numa das maiores mostras do mundo da arte e cultura humanas.

__O Louvre é gerido pelo estado francês através da Réunion des Musées Nationaux. Foi o museu mais visitado do mundo em 2007, com 8,3 milhões de visitantes.

__O primeiro real "Castelo do Louvre" neste local foi fundado por Filipe II em 1190, como uma fortaleza para defender Paris a oeste contra os ataques dos Vikings. No século seguinte, Carlos V transformou-o num palácio, mas Francisco I e Henrique II rasgaram-no para baixo para construir um palácio real; as fundações da torre original da fortaleza estão sob a Salle des Cariatides (Sala das Cariátides) agora. Mais tarde, reis como Luís XIII e Luís XIV também dariam contribuições notáveis para a feição do atual Palácio do Louvre, com a ampliação do Cour Carré e a criação da colunata de Perrault.

__As transformações nunca cessaram na sua história, e a antiga fortaleza militar medieval acabaria por se tornar um colossal complexo de prédios, hoje devotados inteiramente à cultura. Dentre as mais recentes e significativas mudanças, desde o lançamento do projeto "Grand Louvre" pelo presidente François Mitterrand, estão a transferência para outros locais de órgãos do governo que ainda funcionavam na ala norte, abrindo grandes espaços novos para exposição, e a construção da controversa pirâmide de vidro desenhada pelo arquiteto chinês I. M. Pei no centro do pátio do palácio, por onde se faz agora o acesso principal. O museu reorganizado reabriu em 1989.

__A verdade é que é um velho palácio onde os franceses cobram entrada para mostrar todas as obras de arte roubadas ao longo de sua história.

__O Museu do Louvre foi construido pelo Rei Francês Luiz Frescon IV, para ser usado como locação cenográfica para o filme O Código Da Vinci. Toda a arquitetura dessa fascinante construção foi projetada tendo como base as descrições no livro de Dan Brown. Enquanto o cinema não era inventado, foi usado como castelo dos reis franceses, iniciando na Idade Média pelo rei Carlos V, por não suportar o vudum da população de Paris. Os reis Henrique IV e Luis XIII embelezaram e transformaram o castelo num palácio. Finalmente, o super-chic Luis XIV cansado de gastar em reformas, troucou pelo palácio Zero quilômetro de Versalhes, bem longe dos fedidos parisienses.

__Desde então o Louvre ficou vazio e foi transformado em museu para não pagar IPTU para a prefeitura de Paris.

__Napoleão Bonaparte doou metade das obras de arte do museu, roubando tudo o que podia nas invasões da Itália e Egito.

__O museu cheira a mofo e peido de turista japonês, o que vem contribuindo para a deterioração das obras de arte.

__Observando a queda na visitação, os administradores do Museu inventaram a história ridícula que Maria Madalena estaria enterrada sob a ridícula pirâmide modernista do Louvre, pirâmide esta criada no século XX por algum artista francês emo que não combina em nada com o Barroco do palácio.

__Reformado especialmente para o filme O Código Da Vinci. Toda a arquitetura dessa fascinante construção foi repintada tendo como base as descrições no livro de Dan Brown.

__Depois do fracasso de bilheterias do péssimo filme O Código Da Vinci no mundo todo, o governo francês achou um desperdício derrubar tudo aquilo (na verdade, achou trabalhoso demais, poderia quebrar a unha) e resolveu aumentar as entradas do museu que hoje abriga as mais famosas obras de arte dos maiores e mais famosos gays da humanidade. É possível encontrar, em suas galerias, obras de arte gays de todas as épocas, desde a era das bibas faraós egípcias até os mais famosos gays do Império Romano.

__Uma das mais famosas peças visitadas no museu é a Monalisa, que até hoje é considerada uma obra de arte única, inspirada em um traveco do século XV chamada Mona, e pintada por Leonardo DaVinci, verdadeiro autor do livro O Código Da Vinci. Fim!!

Seguir este Blog | Indicar este Blog | Sugestões | Sobre Quem vos fala

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO